Pesca Feliz

Siga nossas redes

DASA3 – Diagnósticos das Américas

DASA ON NM
7,92Reais (BRL - R$)
7,75Mínimo (Dia)
8,16Máximo (Dia)
Fechamento Anterior:7,92
Abertura:7,75
  • Telegram
  • Flipboard
  • Google News

A Diagnósticos da América (Dasa) é uma das maiores empresas de medicina diagnóstica da América Latina, oferecendo uma ampla variedade de exames laboratoriais e de imagem, além de serviços de saúde integrados. A empresa opera em todo o Brasil e atende mais de 30 milhões de pacientes por ano. 

Atualmente, a Dasa possui mais de 40 marcas e cerca de 700 unidades de atendimento, incluindo laboratórios, centros de imagem, hospitais e clínicas médicas. A empresa emprega mais de 30 mil profissionais em todo o país e está comprometida em fornecer serviços de saúde de alta qualidade e acessíveis para todos. 

A Dasa está listada na bolsa de valores brasileira (B3) e possui uma forte posição financeira, com uma receita líquida de R$ 7,6 bilhões em 2020 e um valor de mercado de cerca de R$ 37 bilhões em fevereiro de 2023.

História Da DASA

Em 1961, dois professores da Escola Paulista de Medicina, os Drs. Humberto Delboni e Raul Dias dos Santos, fundaram em São Paulo a Médicos Associados em Patologia Clínica (MAP). Mais tarde, em 1974, a empresa recebeu a adição do Dr. Caio Auriemo e mudou de nome para Laboratório Clínico Delboni Auriemo S/C Ltda. Em 1985, a companhia passou a ser conhecida como Delboni Auriemo e iniciou o processo de modernização de seus centros de atendimento ao paciente.

No ano 2000, a empresa mudou seu nome para Diagnósticos da América S.A. e apresentou sua nova marca, Dasa. Durante os anos 2000, a Dasa adquiriu laboratórios no Brasil, como Bornstein, Pasteur, Lâmina, Image Memorial, Atalaia e outros. Em 2004, a empresa realizou seu IPO na BM&FBOVESPA (atual B3).

Em 2011, a família Bueno adquiriu 24% das ações em circulação, marcando o início da “Nova Dasa” – referente ao período após a entrada dos atuais acionistas controladores. Três anos depois, em 2014, a holding Cromossomo II, juntamente com seus acionistas controladores indiretos, Edson de Godoy Bueno e Dulce Pugliese de Godoy, tornou-se a acionista majoritária da Dasa, detendo 71,94% do capital social da empresa.

Em 2015, a família Bueno assumiu o comando da “Nova Dasa”, com Pedro de Godoy Bueno tornando-se o CEO da empresa. No ano seguinte, em 2016, a Dasa implementou o maior centro de processamento de testes médicos do mundo no centro de processamento Alphaville (NTO). Nesse mesmo ano, a Cromossomo II, juntamente com Edson de Godoy Bueno e Dulce Pugliese de Godoy Bueno, chegou a um total de 97,79% do capital da empresa. As ações deixaram de ser negociadas no Novo Mercado e passaram a ser negociadas no segmento tradicional da BM&FBOVESPA (atual B3).

Em 2019, o conselho de administração da empresa aprovou a proposta de aumento de capital via a cessão de 100% das ações emitidas para a Ímpar Serviços Hospitalares S.A., uma rede composta por sete hospitais de alta complexidade, incluindo o Hospital 9 de Julho (São Paulo), o Hospital Águas Claras (Brasília) e o Complexo Hospitalar de Niterói (Niterói, RJ).

Em 2020, a Dasa avançou na estruturação de sua rede de saúde integrada, composta por atendimento ambulatorial, diagnóstico, hospitais e coordenação de cuidados. Nesse mesmo ano, a empresa adquiriu a GSC, uma empresa de referência em coordenação de cuidados e gestão de saúde. A GSC é um integrador com 20 anos de experiência e resultados comprovados no cuidado completo ao usuário.

No ano seguinte, em 2021, a Dasa levantou R$ 3,3 bilhões em uma oferta primária realizada em abril para fortalecer sua estratégia de rede integrada. A empresa também teve sua solicitação para migrar para o segmento especial de listagem do Novo Mercado da B3 aceita, e suas ações passaram a ser negociadas no Novo Mercado a partir de junho de 2021.

Quem São os acionistas da Diagnósticos (DASA3)?

A DASA (DASA3) é negociada no segmento Novo Mercado na B3, com 12,72% de ações em free float e sem de tag along. A companhia possui controle acionário em estatuto com o Fundo de Investimentos Genoma II, e possui os seguintes investidores majoritários:

  • Camilla de Godoy Bueno Grossi, com 3,37% das ações ordinárias da empresa;
  • Dulce Pugliese de Godoy Bueno, com 6,48% das ações ordinárias da empresa;
  • Pedro de Godoy Bueno, com 3,54% das ações ordinárias da empresa;
  • Fundo de Investimento em Participações Genoma III – Multiestratégia, com 29,10% das ações ordinárias da empresa;
  • Fundo de Investimento em Participações Genoma II, com 43,35% das ações ordinárias da empresa;

DASA3 distribui dividendos?

Sim, a DASA3 realiza distribuições de dividendos, tendo distribuído entre 2008 e 2022 – a maior distribuição em 2018, a R$ 0,69, e a menor em 2017, a R$ 0,004. A companhia tende a distribuir uma vez por ano.

Simulador de CarteiraSimulador de Carteira
Simulador de Carteira
Pesca Feliz Mapa do site