Pesca Feliz

Siga nossas redes

Criptonews

Ether pode estar perto de ultrapassar bitcoin e ser a maior criptomoeda

Atualização do funcionamento do ativo, que foi adiada, gera expectativas nos investidores.

Publicado

em

Tempo médio de leitura: 3 minutos

  • Telegram
  • Flipboard
  • Google News
ether
REUTERS/Dado Ruvic/Ilustração/Foto de arquivo

A criptomoeda ether(ETH) pode estar perto de superar o líder bitcoin(BTC), enquanto se aproxima de uma atualização para torná-la mais rápida, barata e com menor consumo de energia, com perspectiva de um futuro cripto mais sustentável.

A fusão, que faria a mineração de ether passar do método de prova de trabalho intensivo em energia para prova de participação, foi adiada, frustrando os investidores.

O ether caiu 8% em 11 de abril, o dia em que o desenvolvedor líder do ethereum, Tim Beiko, disse no Twitter(TWTR34) que o lançamento de junho havia sido adiado à medida que os testes continuam. A criptomoeda caiu 13% neste mês.

“Não será em junho, mas provavelmente nos próximos meses”, escreveu Beiko no tuíte. “Ainda não temos uma data definida, mas estamos definitivamente no capítulo final.”

O momento da fusão – a cadeia EH1 do ethereum se fundirá com uma nova cadeia para criar o ETH2 – segue incerto, embora muitos observadores do setor esperam que isso aconteça ainda este ano. Beiko não respondeu a um pedido de comentário.

A capitalização de mercado do ether, de US$ 363 bilhões, é menos da metade do bitcoin. Juntos, os dois representam 60% do mercado de criptomoedas.

Tanto o bitcoin quanto o ether são produzidos usando um método de prova de trabalho em que milhares de mineradores competem para resolver quebra-cabeças matemáticos complexos. Este é um processo que consome muita energia, promovendo temores sobre criptomoedas em um mundo com redução da pegada de carbono.

O método alternativo de prova de participação usa muito menos energia porque, em vez de ter milhões de computadores correndo para processar quebra-cabeças, permite que os nós do sistema validem transações.

O ethereum tem sido prejudicado por questões de velocidade e custos de processamento. A blockchain processa apenas 30 transações por segundo, mas espera processar até 100 mil transações por segundo quando passar para o POS. Isso permitirá competir com outras altcoins menores, como Solana e Cardano.

Veja também

  • queda das ações da Netflix e a lição de seu grande ex-investidor
  • Câmbio, carros voadores, falta de suprimentos e guerra: os desafios da Embraer
  • BBB 22: patrocinadores contam como o reality elevou vendas e expandiu marcas
  • Twitter deve deixar a bolsa: o que acontece agora?
  • Venda do Twitter: os memes e especulações sobre futuro da rede social
Boletim Pesca FelizBoletim Pesca Feliz
ANÚNCIO PATROCINADOConfira

Abra sua conta! É Grátis

Já comecei o meu cadastro e quero continuar.
Hidrogênio Verde
Pesca Feliz Mapa do site